Ipasgo Saúde implanta atendimento por telemedicina

Nova modalidade de consultas médicas abrange 31 especialidades; medida vai expandir assistência em cidades do interior

Ipasgo Saúde agora oferta telemedicina: mais agilidade e comodidade para o usuário (Fotos: Ipasgo)

Os beneficiários do Ipasgo Saúde passam a contar com atendimento por telemedicina. A nova modalidade de consultas médicas abrange 31 especialidades, a exemplo de geriatria, endocrinologia, infectologia, pediatria e psicologia, e deve expandir a assistência em cidades do interior de Goiás. Os atendimentos, feitos de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas, são exclusivos para consultas por agendamento, um sistema que permite aos beneficiários escolher datas e horários que melhor se ajustem às necessidades pessoais.

O agendamento das consultas está disponível pelo WhatsApp (11) 4003-5360 ou por meio do site do Ipasgo Saúde. “A telemedicina é uma solução estratégica para garantir que todos os nossos beneficiários, independentemente de onde residam, tenham acesso a consultas com especialistas. Este serviço é particularmente importante para as cidades do interior, onde a disponibilidade de profissionais de saúde pode ser limitada”, avalia o presidente do Ipasgo Saúde, José Orlando Ribeiro Cardoso.

O serviço também disponibiliza atendimentos nas áreas de alergologia; alergologia pediátrica; cardiologia; dermatologia; endocrinologia pediátrica; gastroenterologia; gastroenterologia pediátrica; ginecologia e obstetrícia; hematologia; hematologia pediátrica; hepatologia; infectologia pediátrica; mastologia; neurologia; neurologia pediátrica; nefrologia pediátrica; oftalmologia; oncologia; ortopedia e traumatologia; otorrinolaringologia; pneumologia; pneumologia pediátrica; psiquiatria; reumatologia; urologia; nutricionista e psicologia.

“Com esse novo tipo de atendimento, estamos diminuindo as barreiras geográficas que impedem, muitas vezes, o acesso a cuidados especializados. Esta iniciativa, um exemplo do quanto estamos comprometidos em proporcionar uma experiência de cuidado cada vez mais eficiente e acessível, não só facilita o acesso à saúde, mas também melhora a qualidade de vida dos nossos beneficiários”, acrescenta o diretor de Operações de Saúde, Edivaldo Fortunato.

O serviço de telemedicina está regulamentado pela Resolução CFM (Conselho Federal de Medicina) N.º 2.314/2022 e pelo Comunicado N.º 98 da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que autorizam o uso de tecnologias de comunicação para a prestação de serviços médicos, garantindo a segurança e a eficácia deste tipo de atendimento. A nova modalidade de atendimento foi estabelecida em parceria com a Diagnósticos da América S/A.

 

(Com informações, Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás)

Comentários