LUTO: mulher de 33 anos morre vítima da Covid-19 e deixa criança recém-nascida

Lara Silva do Nascimento, de 33 anos (Foto: Reprodução: Iraydes Ferratt)

Lara Silva do Nascimento, de 33 anos, diagnosticada com Covid-19, morreu em Catalão nesta quinta-feira (04). Ela era portadora de anemia falciforme e deixou uma criança recém-nascida.

Lara estava gravida de 35 semanas, quando sentiu os primeiros sintomas e devido a gestação ser de risco, ela foi internada no dia 27 em um hospital particular em Catalão, no mesmo dia a equipe médica realizou o parto da criança.

Com sintomas de gripe, foi realizado o teste de covid-19, sendo diagnosticada positivo para o novo Coronavírus. Seu quadro clínico se agravou e devido a falta de leitos pelo SUS, a jovem foi transferida para Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde foi entubada e permaneceu até a noite de ontem (quarta-feira, 03), sendo transferida em estado gravíssimo por volta das 22h40 para o Hospital Santa Casa de Misericórdia de Catalão, onde foi internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e na manhã desta quinta-feira, 04, por volta das 11h50 seu quadro clínico evoluiu a morte.

Lara deixou uma recém-nascida de 05 dias, de parto prematuro.

Sobre Lara

Em maio de 2015, Lara perdeu a filha de dois anos de idade quando era transportada em uma ambulância sem condições de uso que acabou quebrando na estrada durante a viagem de transferência para Santa Helena de Goiás. Em e 2018, para homenagear a criança, uma UTI Neonatal do município recebeu o nome da sua filha in memoriam, Nicole Vitória Ramos do Nascimento.

*As informações foram retiradas de uma postagem de Daiane Lemos em seu perfil social, segue o post abaixo

Comentários