Lutador é preso suspeito de agredir a namorada durante discussão por ciúmes, em Catalão

Psicóloga disse à polícia que já tinha sofrido ameaças outras vezes, mas não tinha feito registro na polícia até então. Rapaz foi solto após pagar fiança de R$ 1 mil.

(Foto: Zap Catalão)

Um lutador e professor de educação física de 28 anos foi preso na quarta-feira (29) suspeito de agredir a namorada, uma psicóloga de 25 anos, durante uma discussão por ciúmes, em Catalão, no sudeste de Goiás. Segundo a Polícia Civil, o casal começou a brigar quando estava na casa de amigos e, ao chegar na casa do suspeito, a jovem foi atingida com socos e tapas.

O caso aconteceu na noite de terça-feira (28). Na manhã seguinte, a psicóloga denunciou o caso, e o rapaz foi preso em flagrante por lesão corporal. Durante o depoimento, ele se manteve em silêncio. O lutador pagou fiança e foi liberado.

“Eles estão namorando há dois anos. A vítima disse que o rapaz era possessivo e ciumento e que o motivo da briga foi ciúmes. Eles estavam em uma reunião com amigos e houve essa discussão. Ela foi embora a pé até a casa do namorado para buscar a moto dela. Chegando lá, ele já estava lá e, quando a jovem entrou para buscar alguns pertences, foi agredida”, disse a delegada Alessandra Maria de Castro.

A reportagem entrou em contato com a defesa do suspeito, mas a advogada estava em uma audiência e não pôde repassar informações até a última atualização dessa reportagem.

Em depoimento, a psicóloga disse que já foi ameaçada de morte outras vezes, mas nunca tinha denunciado o caso. Agora, além de registrar o fato na delegacia, ela pediu uma medida protetiva contra o suspeito.

Com informações do G1

Comentários